Vulcões do Equador e Papallacta

O Equador, dentre muitas aventuras, oferece um ótimo ambiente para quem ainda não tem experiência em montanhas de altitude e para quem já é experiente, oferecendo estruturas de refúgios e alimentação próximos às bases das montanhas e paisagens belíssimas e exóticas.

Terra próxima à Amazônia, o Equador é um lugar onde o ar rarefeito tem efeitos mais leves ao nosso corpo e mente, possibilitando ótimas experiências na altitude. Em um país como este também não é necessário fazer aclimatações em uma montanha apenas, possibilitando ao montanhista escalar diversos vulcões e conhecer muito sobre este local que em uma única avenida possui dezenas de montanhas para exploração. Essa região é uma excelente opção também aos montanhistas que pretendem se preparar para escaladas no Aconcágua e Himalaia.

Esse país é riquíssimo em paisagens naturais e oferece refúgio ideal para um merecido relaxamento após escaladas. Trata-se das Termas Papallacta que está a 3.300 metros de altitude em meio à paz e beleza proporcionados pela natureza.

Equador eleito em 2013 o melhor destino da América do Sul pelo WTA – World Travel Awards.

A Grade 6 é pioneira nessa área e vem desenvolvendo atividades ligadas ao montanhismo desde 1994.

Itinerário

Obs 1: As refeições inclusas estão indicadas como [C] – Café da manhã, [A] – Almoço, [L] – Lanche de trilha e [J] – Jantar.

Obs 2: O tempo de caminhada está indicado em horas e tem como base em um ritmo leve com pausas para lanches e fotos.

1º Dia – Chegada no Equador (2.800 m)

Recepção no aeroporto e transfer ao hotel (50 min). Pernoite no hotel em Quito.

2º Dia – Dia livre [C]

Dia livre em Quito (2.8850 m) para adaptação à pequena altitude, passeios, compras e conhecimento da cultura local.
Sugestões de passeios: Centro Histórico de Quito, Museu La Mitad del Mundo, Laguna Quilotoa, Mercado de Otavalo ou Shopping Scala.
Pernoite em hotel em Quito.

3º Dia - Subida Vulcão Ilaló (3.500 m). [CL] – 5h

Saída às 08h00 do hotel. Aproximadamente 1 hora de deslocamento até a base da montanha. Subida ao Ilalo nas proximidades de Quito com objetivo de iniciar o processo de aclimatação. São aproximadamente 5 horas de caminhada neste vulcão com terreno pouco acidentado, mas bastante íngreme. Pernoite no hotel em Quito.

4º Dia – Subida Vulcão Rucu Pichincha (4.698 m). [CL] – 7h

Saída às 08h00 do hotel, são aproximadamente 1 hora de carro até a a base da montanha (3.987 m). Subimos de teleférico até 4.100 metros de altitude após um percurso de 18 minutos. Caminhamos até o cume (4.698 m). Uma caminhada moderada-intensa que permite além aclimatação, a vista de paisagens lindas sobre muitas pedras, verde e flores da região. Pernoite no hotel em Quito.

5º Dia – Transfer para Hosteria Papagayo (3.200 m) [CAJ]

Transfer para hosteria Papagayo, próximo aos Vulcões Corazon e Cotopaxi. O deslocamento entre Quito e a Hosteria leva aproximadamente 1h20 e permite passarmos pela famosa Avenida dos Vulcões.
Essa é uma região rural, cercada por plantações agrícolas, produção de flores e leite.

Pernoite na hosteria.

6º Dia – Subida do Corazon (4.790 m). [CLJ] – 8h

Saída de carro às 08h00, deslocamento de aproximadamente 30 minutos. Essa montanha é um pouco mais desafiadora que as anteriores pela maior altitude e pelo terreno bastante diversificado ao longo do percurso, há trechos de rocha e pedra, que exigem mais cuidado na passagem, são trechos de escalaminhada. Após aproximadamente 8 horas de atividade o grupo estará de volta à hosteria. Pernoite na hosteria.

7º Dia – Parque Nacional Cotopaxi x Papallacta [CL] - 08 h

De carro até o Parque Nacional Cotopaxi: 30 minutos.

De carro até Papallacta: 2h30min.

Visita ao Cotopaxi, o segundo mais alto  vulcão do país, teremos a oportunidade de paisagens maravilhosas. É possível um pouco de caminhada na base da montanha para contemplação e fotos, bem como aprendizagem sobre fauna e flora da região. Almoço e continuação da viagem até Papallacta. Pernoite: Termas de Papallacta, Papallacta

8º Dia – Dia livre em Papallacta (3.300 m) [C]

Neste dia é possível realizar algumas caminhadas e tomar banhos nas piscinas termais. Um dia muito tranquilo e relaxante.
No local há um SPA que disponibiliza serviços extras de massagens relaxantes e estéticos.

Pernoite: Termas de Papallacta, Papallacta

9º Dia – Retorno ao Brasil [C]

Transfer ao aeroporto, aproximadamente 1h30. Fim dos serviços.

O pacote inclui

  • Guia de montanha especializado, a partir do 6º cliente haverá guia brasileiro
  • Toda a alimentação descrita no roteiro acima 
  • Todos os traslados para as montanhas 
  • Transfer Aeroporto / Hotel / Aeroporto 
  • 4 Noites de hotel em Quito 
  • 2 noites em hosteria
  • 2 noites no hotel Termas Papallacta
  • Assistência para compra e aluguel de equipamentos necessários para expedição 
  • Todas as entradas dos parques
  • Avaliação física em Campinas - SP por profissional qualificado
  • Consulta com Osteopata em Campinas - SP

O pacote não inclui

  • Passagem aérea
  • Taxas de embarque
  • Gorjetas
  • Alimentação e bebidas não descritas no itinerário
  • Equipamentos pessoais
  • Gastos extras por volta antecipada 
  • Seguro internacional de viagem

Próximas Datas

USD 2.400 por pessoa

Mínimo de 6 participantes

Classificação do Roteiro

Dificuldade Técnica: Pouca

Intensidade Física: Moderada

Altitude: Média