Treinamentos e Eventos Corporativos

Palestra Rodrigo Raineri - BRF Brasil Foods - Toledo-PR

ImprimirImprimirVersão em PDFVersão em PDF

Professor – Palestrante:

Rodrigo Raineri, trabalha há mais de 17 anos como profissional de esportes de aventura, ministra cursos, workshops e palestras e foi professor de Pós- Graduação em Ecoturismo no Senac em Águas de São Pedro.

Entre os temas que aborda estão Motivação, Segurança Industrial (Sipat), Turismo de Aventura e Relatos de Expedições. Nas expedições, assim como nos empreendimentos e na vida, Raineri sabe que não se conquista um objetivo sozinho. Por isso, procura sempre superar as diferenças individuais em nome de um ideal comum, num verdadeiro trabalho em equipe.

Palestrante também em feiras e congressos, Rodrigo Raineri, foi quem teve maior público na Adventure Sports Fair 2006. Com muito dinamismo, intercala suas falas com fotos e vídeos,tornando as apresentações ricas e interessantes.

Empresário:

Rodrigo Raineri, formado em Engenharia de Computação pela Unicamp, é empresário e consultor em treinamentos comportamentais Outdoor Training, Trabalho em Altura e Turismo de Aventura há mais de 12 anos. Com esta bagagem, é referência nestes segmentos.

Administra a Grade 6 há 12 anos (grade6.com.br) e administrou a Pousada do Alpinista na Ilha Grande (RJ), durante sete anos.

Com sua equipe na Grade 6, atua em vários segmentos. Transfere sua experiência da prática esportiva para o ambiente corporativo, inovando e adaptando técnicas, procedimentos e equipamentos de segurança. Foi pioneiro em treinamentos Outdoor Training no Brasil, e em Trabalho em Altura com cordas nos moldes modernos: trouxe técnicas dos EUA e Europa e adaptou-as às necessidades e legislação brasileiras.

Também com a Grade 6 atua no segmento de Educação Ambiental com escolas da região de Campinas, e em projetos e construção de paredes de escalada esportiva.

Atleta:

Rodrigo Raineri é um dos alpinistas mais experientes e técnicos do Brasil. Escalador completo, possui vasta experiência em rocha, gelo e alta montanha. No Everest, em 2005, chegou a 8.200m sem auxílio de oxigênio suplementar e sabiamente retornou a poucos metros do cume (8.850m). Em 2006, viveu uma enorme perda: Vitor Negrete, seu melhor parceiro, e amigo por 18 anos, faleceu no Monte Everest, após atingir o cume sem o uso de oxigênio suplementar. Mas Rodrigo não desistiu, e, em 2008, juntamente com seu grande amigo Eduardo Keppke, realizou um sonho antigo: chegar ao cume da maior montanha do mundo.

Rodrigo Raineri liderou 11 expedições ao Aconcágua, a maior montanha das Américas, chegando ao cume por seis vezes. Planejou, e com Vitor Negrete, formou a única dupla brasileira a escalar a Face Sul do Aconcágua, em 2002, a mais difícil e perigosa, bem como a Rota Noroeste do Aconcágua em pleno inverno, em 2004.

Em 2001, em parceria com o seu antigo sócio na Grade 6, desceu e mediu a maior cachoeira do Brasil, a Cachoeira do Pai Nosso, na Serra do Aracá, em plena Selva Amazônica, com 353 metros.

Em 1997, com Rodney Ferreira e Eusébio Júnior, conquistou uma das vias de escalada em rocha mais difíceis do Brasil na época, na Pedra do Baú, São Bento do Sapucaí - SP.
Guia de montanha e instrutor de escalada em rocha e gelo há mais de 15 anos, escala e lidera expedições na América do Sul, Europa, África e Ásia. Superar desafios desta natureza requer bem mais do que capacidade física e técnica.

Rodrigo Raineri reúne as habilidades necessárias a qualquer homem ou mulher que deseja se superar profissionalmente e atingir suas metas mais elevadas: planejamento estratégico, treinamento adequado, comprometimento com o projeto, motivação, perseverança, trabalho em equipe, logística, gerenciamento de riscos, ousadia e superação de limites.

Temas abordados:

Utilizando as expedições como pano de fundo, o alpinista pode fazer analogias com o cotidiano
da sua empresa e da vida de cada um dos membros de sua equipe, motivando-os para que superem seus objetivos em conjunto e também individualmente. Os temas abordados podem variar de acordo com as necessidades detectadas.

Motivação: motivar a equipe com o projeto, principalmente nos momentos mais difíceis.
Comprometimento: comprometer toda a equipe com o projeto.
Planejamento estratégico: conhecer as dificuldades e antever os desafios.
Ousadia: Quebrar limites e mudar paradigmas.
Trabalho em equipe: valorizar as diferenças e motivar o grupo.
Perseverança: manter o espírito vencedor nas adversidades.
Análise e gerenciamento de riscos: determinar os pontos críticos e encontrar caminhos para
contorná-los.
Aprendizagem: avaliar os resultados alcançados e planejar-se para o próximo desafio.

Recursos utilizados:

Como recurso auxiliar, o alpinista leva seu computador portátil e apresenta fotos e vídeos que mostram suas conquistas e o ajuda a ilustrar os desafios que encara, bem como as estratégias
para vencê-los, tornando a palestra dinâmica e atraente.